“Não é sobre ter todas as pessoas do mundo pra si / É sobre saber que em algum lugar alguém zela por ti…”. Foi assim, através dos versos da canção “Trem Bala”, da cantora e compositora Ana Vilela, que os alunos da Escola Municipal Novo Horizonte, na Rua Albino Fernandes, demonstraram a satisfação em ver a escola novinha, após intervenção feita pela Prefeitura. A cerimônia de entrega da unidade de ensino, realizada nesta terça-feira (24), contou com as presenças do prefeito ACM Neto, do vice-prefeito Bruno Reis e do secretário municipal da Educação (Smed), Bruno Barral, além de demais gestores municipais, lideranças comunitárias e comunidade escolar.

O prefeito ressaltou, mais uma vez, a meta da administração municipal em inaugurar uma unidade escolar por semana até o fim deste ano. Ele lembrou que, em 2013, Salvador ocupava uma das piores posições no Índice Nacional da Educação Básica (Ideb) entre as capitais do país. “As unidades estavam com as estruturas comprometidas, não ofereciam qualquer segurança aos alunos. Era necessário fazer algo para que a comunidade fosse motivada a fazer, com qualidade, educação escolar.”

A diretora da unidade, Cristiane Vieira, lembrou que a Escola Municipal Novo Horizonte estava em uma situação deplorável antes da demolição do antigo imóvel. “Hoje temos uma estrutura de qualidade e digna para atender com excelência à comunidade. Agradecemos a todos pela sensibilidade em atender nosso pleito”, observou.

Construída em uma área de cerca de 2 mil m², a unidade de ensino foi completamente reconstruída após ser demolida pela Prefeitura, em julho do ano passado, devido a problemas com a antiga estrutura em pré-moldado. Com investimento de R$2,6 milhões, a nova escola de Novo Horizonte conta com 13 salas de aula, sala de reunião, sala de professores, secretaria, diretoria, seis sanitários destinados a alunos e funcionários, adaptados às pessoas com deficiência, pátios coberto e descoberto, lavanderia, cozinha, despensa, jardim e área de serviço. Atualmente, a unidade atende a 567 alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Desde 2013, a Prefeitura iniciou um processo de requalificação da rede de ensino nunca antes vista na história de Salvador. No total, já foram entregues reformadas 164 escolas, sendo 20 Centros Municipal de Educação Infantil (CMEIs). Outras 25 foram reconstruídas (cinco CMEIs e 20 escolas) e 27 erguidas do zero (21 CMEIs e seis escolas).

Os moradores de Novo Horizonte ainda receberam mais duas boas notícias do prefeito ACM Neto. A primeira delas foi a autorização para o início da recuperação da iluminação da Rua Albino Fernandes, onde está localizada a escola – a obra foi a mais votada pela comunidade, através do programa Ouvindo Nosso Bairro. A segunda melhoria é a realização da segunda etapa do programa Morar Melhor no bairro, que vai reformar, inicialmente, 200 casas em situação precária.

 

Foto: Walter Pontes/Secom