Na manhã de ontem (24/11), três gerentes de lojas, uma delas de eletroeletrônicos e móveis, de Salvador foram levados para a Delegacia de Defesa do Consumidor (Decom).  A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), informou que as lojas onde eles trabalham estavam fazendo propaganda enganosa com produtos ofertados na Black Friday.

Uma das lojas estava vendendo uma geladeira R$ 200 mais cara durante a Black Friday. De acordo com a SSP-BA, a condução dos gerentes faz parte da Operação Black Friday realizada pela Decom, Procon e Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon).

A titular da Decom, Idalina Otero, adiantou que na loja onde a geladeira mais cara foi encontrada, foi constatado que ela custava R$ 1.299 antes da promoção e na Black Friday estava por R$ 1.499.

A Codecon autuou os estabelecimentos e foram abertos inquéritos para apurar o crime de propaganda enganosa. A polícia informou, ainda, que, após os gerentes serem ouvidos, será avaliado se as lojas serão enquadradas no artigo 37 do Código de Defesa do Consumidor ou na Lei 8.137, que trata de crimes contra a ordem econômica. Se for enquadrado na lei, a pena pode ser de dois a cinco anos mais uma multa a ser estipulada pela Justiça.