O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, caiu 0,34%, aos 67.671 pontos.

A moeda norte-americana subiu 0,71% e fechou valendo R$ 3,152.

A situação do mercado sofreu forte influência das relações tumultuadas entre Estados Unidos e Coreia do Norte. Diante disso, em ambiente de maior aversão ao risco, como é próprio de momentos como esse, os investidores recorreram à segurança do dólar, e fugiram da especulação com papéis da bolsa.

O euro, na faixa da estabilidade, teve uma ligeira alta de o,o2%, cotado a R$ 3,711. Vale observar que o nível de preocupação na Europa em relação à possíveis ações terroristas foi materializado na França, depois que um carro atingiu um grupo de soldados em um subúrbio de Paris, o que foi interpretado como uma ação deliberada. Tanto é assim, que o CAC, índice da bolsa daquele país, que reúne as 40 maiores empresas cotadas, sofreu o impacto e recuou, causando uma diferença na moeda oficial da zona do Euro.