O bairro de Plataforma, no Subúrbio Ferroviário, foi o palco da primeira de uma nova série de 16 demolições, iniciadas na manhã desta quinta-feira (8), de estruturas precárias de escolas e centros de Educação Infantil em Salvador. Na presença do prefeito ACM Neto e do secretário municipal da Educação (Smed), Bruno Barral, além de outras autoridades e comunidade, a antiga Escola Municipal de Plataforma começou a ser demolida para dar lugar a uma estrutura novinha e que vai atender a uma antiga reivindicação dos moradores: a oferta de vagas para crianças entre dois e cinco anos no futuro Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) do bairro.

“Aqui em Plataforma, está sendo garantida a demolição de uma escola que não tinha mais condição de funcionamento, trazendo uma reivindicação antiga dos moradores de implantação de vagas na Educação Infantil. Somente nesta unidade, o investimento é de aproximadamente R$4 milhões. A gente sabe o drama dos pais e das mães que não têm onde deixar as crianças pequenas, e não dá para admitir que elas comecem a estudar aos seis anos e exigir delas que já aprenda a ler e escrever sem que antes tenha tido contato com a educação”, salientou ACM Neto.

O prefeito ainda completou que as séries iniciais são uma grande preocupação municipal na área da Educação. Por isso, além dos investimentos em novas vagas na própria rede municipal de ensino – hoje são ofertadas 44 mil – foi criado o programa Pé na Escola para zerar a fila por demanda por vagas para crianças de quatro e cinco anos na cidade.

Localidades beneficiadas – As escolas contempladas estão em bairros como Ribeira, Lobato, São Cristóvão, Calabar, Pau da lima, São Caetano, Jardim Cruzeiro e Fazenda Grande do Retiro. As novas estruturas vão gerar um aumento de 2.250 vagas no ensino infantil e mais 630 no fundamental. A primeira etapa do processo licitatório que consiste na apresentação da proposta técnica já ocorreu. Ao todo, serão investidos cerca de R$ 96 milhões, sendo que R$ 69 milhões são provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 27 milhões como contrapartida do município.

“Trata-se de uma iniciativa importante para a melhoria da Educação de Salvador. Conseguimos a captação de quase R$ 100 milhões para esse projeto – um dos maiores volumes de recursos já captados pela pasta. O resultado desse trabalho será a construção de escolas novas, modernas e aconchegantes para nossos alunos, com mobiliário novo e adequado. Essa condição vem se somar a todos os avanços que temos conquistado na rede Municipal, tanto nos aspectos pedagógicos, de gestão, de acessibilidade, entre outros”, salienta o secretário Bruno Barral.

Os projetos foram planejados de acordo com o tamanho e com a capacidade de cada escola. Nos CMEIs, além das salas reformadas e adaptadas, haverá brinquedoteca, sala multiuso, solário, parque infantil, refeitório, lactário, cozinha. Os projetos de reconstrução receberão, ainda, adequações estruturais dos quesitos de acessibilidade. Cada projeto vai atender às necessidades específicas da unidade. Já nas escolas, além do espaço para aulas, serão construídas quadras poliesportivas para atividades físicas e lazer. Ao longo da gestão, foram 37 novas escolas construídas; 35 reconstruções; 164 reformadas, totalizando 236 unidades educacionais que passaram por algum tipo de intervenção.

CMEIS e escolas a serem reconstruídas:

1 – Centro Municipal de Educação Infantil Angelina Rocha de Assis – Lobato

2 – Centro Municipal de Educação Infantil Antônio Pithon – Nova Brasília de Valéria

3 – Centro Municipal de Educação Infantil Calabar – Calabar

4 – Centro Municipal de Educação Infantil de Plataforma – Plataforma

5 – Centro Municipal de Educação Infantil Eloyna Barradas – Ribeira

6 – Centro Municipal de Educação Infantil Fruto do Amanhã – Bom Juá

7 – Centro Municipal de Educação Infantil Maria da Conceição Costa – Jardim Cruzeiro

8 – Centro Municipal de Educação Infantil Maria Rosa Freire – Palestina

9 – Centro Municipal de Educação Infantil Mário Altenfelder – Lobato

10 – Centro Municipal de Educação Infantil Nova Sussuarana – Sussuarana

11 – Centro Municipal de Educação Infantil Raul Queiroz – São Cristóvão

12 – Centro Municipal de Educação Infantil Yolanda Pires – Fazenda Grande do Retiro

13 – Escola Municipal do Pau Miúdo – Pau Miúdo

14 – Escola Municipal Engenho Velho da Federação – Engenho Velho da Federação

15 – Escola Municipal Francisco Mangabeira – São Caetano

16 – Escola Municipal Roberto Correia – Pau da Lima