A abertura do primeiro dia de comemoração aos 35 anos do Instituto Anísio Teixeira (IAT) foi realizada na manhã desta segunda-feira (12), na sede da fundação. Até a próxima quarta-feira (14) ocorre o ‘Seminário Instituto Anísio Teixeira – Há 35 anos transformando a Educação na Bahia’ e a programação conta com mesas redondas, workshops, oficinas, entre outras atividades.

Na abertura do evento estavam reunidos ex-diretores do IAT, representantes de universidades e conselhos educacionais, além de professores. O Instituto fundado em 1983 é considerado referência no treinamento e aperfeiçoamento dos profissionais de educação da rede pública estadual.

O diretor do IAT, Matheus Barreto Gomes, destacou o papel do Instituto enquanto fomentador do processo de formação dos professores. “O Instituto tem a missão de dar a formação continuada aos professores e precisamos mantê-los antenados e atualizados com o que acontece na sociedade. Nos últimos 35 anos o IAT esteve focado nesse aperfeiçoamento da educação na Bahia. Nada melhor do que coroar esse momento com um seminário que reúne palestrantes de altíssimo nível para falar sobre as mudanças do setor educacional e sobre o que podemos antever para os próximos 35 anos”.

A abertura do evento foi marcada por uma homenagem ao professor Edivaldo Boaventura, idealizador do Instituto Anísio Teixeira e aos ex-diretores da Instituição. A filha de Edivaldo e pró-reitora de Planejamento da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Lídia Boaventura, esteve na cerimônia para receber a honraria. “É com muito orgulho que participo deste momento que traz um reconhecimento ao meu pai que teve esse perfil de proporcionar maior acesso à educação em todos os níveis. O IAT foi um pensamento do meu pai de prover um local que possibilitasse melhor formação do professor, mais coadunado com a demanda da sociedade e também no sentido de integrar a rede do estado”, revela.

O subsecretário da Educação do Estado, Nildon Pitombo, participou da abertura do seminário e ressaltou a parceria existente entre a Secretaria da Educação e o IAT. “A relação entre Secretaria e Instituto é continuamente forte e um não existe sem o outro. As políticas de capacitação de docência dos técnicos pedagógicos da rede estadual passam todas pelo Instituto e sempre feitas de maneira planejada e na perspectiva do entendimento e, sobretudo com a missão de colocar para andar as políticas públicas”, afirma.

A programação do seminário é aberta ao público e está disponível no site educadores.educacao.ba.gov.br.