O Bahia vai a 27 pontos ganhos, e fica no 15º lugar. O Atlético-GO segue na lanterna com 19.  Atlético-GO e Bahia fizeram uma partida equilibrada no encerramento da 23ª rodada do Brasileirão.

O  Atlético-GO sabia das limitações da defesa baiana, insistiu muito das bolas aéreas, e os jogadores do tricolor erraram bastante, notadamente no primeiro tempo. O gol dos donos da casa saiu no contra-ataque com a conclusão de Luiz Fernando. Rodrigo Becão e Lucas Fonseca foram ao ataque e não voltaram, Zé Rafael estava na zaga, incrível! Jogada começou com Jonathan que passou para Igor cruzar para o meio da área: 1 a 0 para o Dragão, 32 minutos, Luiz Fernando. Olha que Jean tinha feito uma grande defesa, livrando seu time de tomar o gol anteriormente aos 14′ na cabeçada firme de Gilvan. Final do primeiro tempo, Bahia inoperante, perdendo por 1 a 0.

Na etapa final, o treinador Preto Casagrande botou Vinícius no lugar de Régis, o Bahia com maior presença no ataque, empatou aos 9′ , em grande jogada de Zé Rafael, primeiro tabelou com Rodrigão, recebeu e tabelou com Mendoza, saiu na cara do goleiro Marcos, fez o drible e mandou para o fundo das redes. Um golaço!

Edigar Junio, depois de longa inatividade, voltou a atuar pelo Bahia. Entrou no lugar de Mendoza.

Aos 21′ , Zé Rafael mandou um chute perigoso para o gol do Dragão. Aos 30′ , Rodrigão perde uma chance de ouro, na entrada da área, mandando de chapa para fácil defesa de Marco. Allione entrou no lugar de Rodrigão aos 33′. Vinícius, aos 40′ e ao 41′, arriscou com perigo. Aos 43′ Allione disputa com Gilvan, sofre pênalti mas Thiago Duarte Peixoto, árbitro paulista, não marcou. Edigar Junio, aos 46′, quase marca, matou no peito e mandou para boa defesa de Marco.

Final de partida: Atlético – GO 1 X 1 Bahia. Criou boas chances para virar, mas pecou pela falta de pontaria do ataque tricolor. Era jogo para trazer 3 pontos para a Boa Terra!

 

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/Esporte Clube Bahia