Bahia 2 x 0 Ponte, e podia ser mais … Novidade no jogo: a escalação de um só volante, Renê Júnior. O tricolor baiano chega a 8 jogos, com apenas 1 derrota. Aos 21′, bela cobrança de falta com Mendoza, e quase Tiago fazia de cabeça. Juninho Capixaba fez fila, diante de 3 adversários, muita habilidade, 24′, Estava difícil encontrar o caminho do gol mas, Allione lançou, com maestria, Mendoza, que, de frente para o gol, tocou, de baixo das pernas, na saída de Aranha para inaugurar o placar, aos 26′, Bahia 1 x 0 Ponte. O Esquadrão teve chance de ampliar, mas Edigar Junio, por pouco, não aproveitou assistência de Zé Rafael. Na Macaca, 44′, na falha de Jean, a oportunidade surgiu nos pés do zagueiro Yago que mando para fora. Aos 45′, Nino Paraíba fez a melhor jogada, do time de Campinas, cruzou na área,  Claudinho mandou longe. Final do primeiro tempo 1 a 0 para o Bahia.

Nos segundo tempo, o tricolor voltou com Juninho no lugar de Vinícius. Logo aos 3′, o próprio Juninho, num chute seco, fez o goleiro Aranha defender em dois tempos. 4′, jogada entre Mendoza e Zé Rafael, este não concluiu bem mas, conseguiu um escanteio. Na cobrança, a bola sobrou com Tiago que finalizou com perigo. 11′, Jean abusou, e arriscou demais, driblando John Kleber dentro da área. Luca teve uma chance, para a Ponte, na reposição errada de Jean, 17′. 19′, lance importante para o Bahia com Edigar Junio. Contra-ataque baiano, com Zé Rafael, obrigando Aranha a fazer grande defesa, bom passe de Juninho Capixaba. As duas equipes forçavam jogadas de ataque mas, as defesas levavam vantagem. Aos 44′, Régis, que havia entrado no lugar de Allione, lançou, muito bem, Edigar Junio que ia finalizar mas, foi derrubado pelo zagueiro adversário, pênalti que o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães (RJ ~FIFA) preferiu não marcar. Zé Rafael perdeu uma grande chance aos 47′.  Zé Rafael lançou, de primeira, Mendoza que ajeitou de cabeça para Edigar Junio chutar com força e definir o placar do jogo: Bahia 2 x 0 Ponte.

O Bahia está time em 10º lugar, com 42 pontos ganhos e enfrenta, na 33ª rodada, o Avaí, na Ressacada, 19h30 (horário brasileiro de verão). A Ponte Preta está em situação difícil, 35 pontos, 18º lugar, e no mesmo dia e horário, da partida do tricolor, joga contra o Grêmio, no Moisés Lucarelli, Campinas.

 

 

Foto: Marcelo Malaquias/Divulgação/Esporte Clube Bahia