Um bom resultado neste sábado para a dupla BA-VI.

Em jogo antecipado da 28a rodada, a Ponte Preta chegou a fazer 1×0 no Cruzeiro em Belo Horizonte, mas os mineiros confirmaram o favoritismo ao virar o jogo para 2×1, com gols de Thiago Neves e Manoel. Ainda assim, apesar de o resultado interessar aos times baianos na luta contra o rebaixamento, o jogo não valeu pela 27a rodada e a Ponte volta a jogar no meio de semana, contra o Santos, em Campinas.

Como o Coritiba e o Atlético Goianiense não podem ultrapassar Bahia e Vitória nesta rodada, ambos os times só entrarão no Z4 com uma combinação de resultados difícil de acontecer, especialmente o Vitória,f e o próprio resultado do rubro-negro pode ajudar o rival.

O Bahia, com 31 pontos, 8 vitórias e -1 de saldo só entrará na zona de rebaixamento se:

1) Perder o seu jogo e quatro destes resultados acontecerem: Avaí vencer o Vasco, Sport vencer o Vitória, Fluminense, Ponte Preta e São Paulo empatarem ou vencerem seus jogos.

2) Empatar o seu jogo e quatro times entre Avaí, Sport, Fluminense, Ponte Preta e São Paulo vencerem seus jogos.

Já o Vitória, com 32 pontos e 9 vitórias depois da virada histórica contra o Botafogo, só voltará à indesejada zona maldita se:

1) Perder o seu jogo e cinco destes resultados acontecerem: Bahia, São Paulo, Fluminense, Ponte Preta e Avaí ganharem seus jogos e Chapecoense empatar ou ganhar.

2) Se empatar sua partida, a combinação é ainda mais improvável. Só iria para a zona se Chapecoense, Bahia, São Paulo, Fluminense, Ponte Preta e Avaí ganharem seus jogos.

No caso de empate ou triunfo do Vitória, situação do Bahia fica ainda mais tranquila, pois o Sport não ultrapassaria o tricolor e a possibilidade de ir ao Z4 seria ainda mais remota.

O Vitória enfrenta o Sport às 17h da quinta-feira (12) no Barradão, enquanto o Bahia viaja até São Paulo para enfrentar o Palmeiras, às 21h do mesmo dia.

Foto: Bahia terá a estreia de Carpegiani para tentar se afastar do Z4 contra o Palmeiras (ECBahia/divulgação: Felipe Oliveira)