O Bahia empatou fora de casa com a Chapecoense na noite desta quarta-feira. O resultado de 1×1 levou o tricolor aos 20 pontos, subindo para o 14o lugar. Bahia ainda pode cair algumas posições dependendo dos demais resultados desta rodada.

O time da casa começou melhor no jogo. Dominava o meio-campo e jogava muito pelas laterais. Em um dos cruzamentos, com o velho conhecido Apodi, a defesa cochilou e o atacante Túlio de Melo antecipou-se a Jean para desviar de cabeça e abrir o placar.

O Bahia passou a forçar mais no ataque, principalmente em cruzamentos na área para Rodrigão. E foi numa dessas tentativas que Matheus Reis achou o centroavante, que testou para o chão e empatou.

Na segunda etapa, o Bahia passou a ter mais controle da bola e sofrer ainda menos riscos. O Esquadrão criou a melhor chance do segundo tempo quando, novamente, Rodrigão aproveitou cruzamento e obrigou Jandrei a grande defesa. No fim do jogo, o empate parecia aceito com certa conformação pelas equipes, mas ficou a sensação de que o Bahia poderia sair com um importante triunfo da partida se tivesse mais ímpeto ofensivo. As próprias substituições de Preto (Régis por Juninho, Zé Rafael por Ferrareis e Mendoza por Éder) denotaram satisfação com o empate.

O Bahia volta a jogar domingo, na Fonte Nova, contra o São Paulo – confronto direto da parte de baixo da tabela. Resta saber se clube vai apresentar um novo técnico ou seguir com Preto Casagrande até lá.