Nesta quarta-feira, em partida adiada do Brasileiro, o Ceará venceu o Cruzeiro por 2 a 0, no Mineirão, e saiu da zona do rebaixamento. No entanto, segundo o site “Infobola”, do matemático Tristão Garcia, o time dirigido por Lisca Doido tem 46% de chances de cair, faltando oito rodadas para o fim. O Ceará pulou da 17ª para a 14ª colocação.

O lanterna Paraná segue com 99% de risco, seguido pelo Sport (71%), Chapecoense (65%) e Vitória (35%). Entre a da zona do rebaixamento e o Ceará estão, agora, o América-MG e Vasco, ambos com 26% de risco. Logo à frente do time de Lisca Doido aparece o Botafogo, com 18%.

Em 12º lugar, com 36 pontos, o Corinthians está apenas três à frente do Vitória, o primeiro na zona da degola. E o elenco paulista tem 9% de risco de cair.

Com 37 pontos e na 11ª posição está o Bahia, que tem risco de 4%. Em nono, com 40, o Fluminense completa a lista dos ameaçados, com apenas 1% de risco.

Fonte: Globo.com