O goleiro Claudio Bravo foi o grande herói do Chile ao defender três cobranças na disputa de pênaltis contra Portugal. O jogo teve muitos lances de emoção e foi bem disputado tecnicamente. Terminou empatado no tempo normal e na prorrogação em 0x0.  O Chile foi melhor na proerogação quando colocou duas bolas na trave.

Nos pênaltis, o Chile marcou nas três primeiras cobranças enquanto a equipe portuguesa esbarrou no “paredão” chamado Claudio Bravo.  Quaresma, João Moutinho e Nani perderam em defesas do goleiro chileno.

Amanhã às 03 da tarde será conhecido o outro finalista na partida entre Alemanha x México.

imagens: fifa