Vitória e Cruzeiro entraram em campo precisando dos três pontos para voltar a deixar seus torcedores felizes no Brasileiro. Mas não foi isso que aconteceu. Em uma partida bastante disputada, principalmente no segundo tempo, as equipes ficaram no 1 a 1. O Vitória abriu o placar com Neilton, de pênalti. No lance seguinte, o Cruzeiro chegou ao empate com Manoel, de cabeça. A Raposa ainda teve um gol anulado nos minutos finais da partida. Com isso, as duas equipes continuam sem vencer nesta sequência de partidas.

PRIMEIRO TEMPO
O Vitória conseguiu ameaçar primeiro, contando com um recuo perigoso de Murilo. Bou chutou em cima do goleiro Rafael, e a bola saiu pela linha de fundo. Logo em seguida, foi a vez de Meli bater, e a bola desviar na zaga. O primeiro chute do Cruzeiro só saiu aos 24 minutos e levou perigo. A finalização de David passou rente à meta. A Raposa cresceu no jogo e criou as melhores oportunidades. Sobis carimbou a trave. Mancuello exigiu defesa de Ronaldo. Bruno Silva, na pequena área, quase abriu o placar. O chute foi cortado por Aderllan. De falta, Sobis voltou a incomodar o goleiro Ronaldo. Mas o gol não saiu.

SEGUNDO TEMPO
Mais uma vez, quem chegou primeiro foram os donos da casa, em uma conclusão de cabeça de Walter Bou. Porém, perigo mesmo foi criado pelo Cruzeiro, com Sobis acertando a trave novamente. A resposta baiana foi na mesma moeda. Depois de grande defesa de Rafael, Neilton pegou o rebote de frente para o gol e mandou na trave, em lance incrível. Em seu melhor momento, o Vitória exigiu boas intervenções de Rafael, nos chutes de Bou e Erick. E chegou ao gol aos 26 minutos, com Neilton cobrando pênalti. Os donos da casa mal festejaram. Aos 30 minutos, Manoel, de cabeça, deixou tudo igual. No final, Wallyson obrigou Rafael a fazer outra grande defesa. Já Manoel voltou a balançar as redes, mas o árbitro apontou falta na jogada.

RESERVAS EM CAMPO
De olho na Taça Libertadores, o técnico Mano Menezes preservou os titulares de iniciarem o duelo contra o Vitória, pelo Brasileiro. A prioridade celeste é o confronto de ida contra o Flamengo, quarta-feira que vem, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, pelas oitavas de final da Libertadores. Durante o jogo, Raniel, Rafinha e Arrascaeta entraram na equipe.

INTERINO RUBRO-NEGRO
O Vitória foi comandado neste domingo pelo técnico interino João Burse, que assumiu a função após a demissão de Vagner Mancini. Burse, que orientou o time nas atividades da semana, é treinador da equipe sub-23 do clube. As tentativas por um substituto para Mancini ainda não tiveram sucesso.

AGENDA
O Cruzeiro entra agora definitivamente em clima de Libertadores. A Raposa treina em BH nesta segunda-feira e, na terça, após nova atividade na Toca, viaja para o Rio de Janeiro. Na quarta, inicia a disputa contra o Flamengo por uma vaga nas quartas de final. Os cariocas serão também adversários da Raposa na sequência do Brasileiro. No domingo, às 16h, os times se enfrentam novamente no Maracanã. No mesmo dia, mas às 19h, o Vitória encara o Grêmio, em Porto Alegre.

Fonte: G1 – Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro