A pernambucana Etiene Medeiros, de 26 anos, conquistou nesta quinta-feira a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em Budapeste (Hungria). Apesar de a prova não existir nas Olímpiadas, é um evento tradicional nos Mundiais. Em Kazan (Russia, 2015), a vencedora da prova foi a chinesa Yanhui Fu, que ficou com a prata desta vez, um centésimo mais lenta que a brasileira.

Etiene sagrou-se a primeira brasileira a conquistar medalha de ouro em um Mundial de piscina longa. Ela já tinha sido primeira colocada em provas de piscina curta, sendo inclusive recordista mundial nos 50m.

Foi a 7ª medalha brasileira na competição. A quarta na piscina, depois das pratas do revezamento 4×100 masculino (que disputou o ouro braçada a braçada com os EUA), de Nicholas Santos (50m Borboleta) e João Gomes Júnior (50m peito). Na maratona aquática, Ana Marcela Cunha já havia faturado um ouro e dois bronzes.

Foto: Giorgio Scala/Site da FINA