O Real Valladolid, clube espanhol que disputa a La Liga, tem um novo dono: Ronaldo, ex-atacante da seleção brasileira e bicampeão mundial, que oficializou nesta segunda-feira a compra de “51% das ações” do clube espanhol. Ronaldo assumirá a presidência do conselho administrativo do time com um projeto focado na torcida, “competitivo, transparente, revolucionário e social”.

Ronaldo participou nesta segunda-feira de uma conferência de imprensa em Valladolid, acompanhado pelo prefeito da cidade, Óscar Puente, até ontem o maior acionista do clube, e por Carlos Suárez, que continuará como presidente, juntamente com sua equipe de gestão, no dia a dia do time, mas com Ronaldo como “chefe”.

O ex-jogador do PSV, do Real Madrid, do Barcelona e do Corinthians destacou que este processo foi uma decisão de peso para ele, explicando que o mais importante será a “paixão” dos torcedores do clube, daqueles que fizeram sua história, e também esperando que sejam “o presente e o futuro” do Real Valladolid.

Segundo Suárez, o acordo foi fechado na quarta-feira passada, após contatos que se intensificaram no final de julho e em agosto. Como o próprio Ronaldo detalhou, Suárez, ex-jogador de basquete, permanecerá como presidente do clube, cargo que ocupa há 17 anos, enquanto o ex-atacante brasileiro será o presidente do conselho.

A transação está estimada em 30 milhões de euros (cerca de 144 milhões de reais), segundo o jornal regional “El Norte de Castilla”.

Fonte: El País