O presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia, anunciou que o clube terá grandes mudanças em sua identidade visual. Sem dar muitos detalhes, o dirigente disse que as novidades sobre troca de escudo, cores e uniformes serão lançadas ainda em 2018.

– Está quase pronto. Mais uns dias e vamos lançar. Muda cor, muda tudo. Nós queremos uma identidade própria. Não queremos mais ser sombra, imitação e nem o olhar de outra instituição. Precisamos ter uma identidade própria – disse
Em entrevista para rádio Transamérica, de Curitiba, Petraglia não se aprofundou sobre mudanças de cores, mas disse que não vê problemas em o clube deixar de ser rubro-negro.

– O Atlético-PR vai ser rubro- negro, branco e preto, vermelho e azul…. onde está escrito que temos que preservar eternamente as cores?

O presidente, no entanto, garantiu que as novidades vão agradar o torcedor.

– Acreditem. Será bonito e bem feito. Nós contratamos a maior e melhor empresa brasileira, que está desenvolvendo toda a marca do Atlético-PR, audiovisual, tudo. Não terá nada parecido no mundo.

O que diz o estatuto
Para alterar as cores do Atlético-PR, o clube também teria que mudar o estatuto do clube.

“O presente estatuto somente poderá ser reformado, no todo ou em parte, por resolução do Conselho Deliberativo em reunião extraordinária especialmente convocada para tal fim. A reunião será instalada em primeira convocação com a presença mínima de metade mais um dos membros do Conselho Deliberativo, e com qualquer número, em segunda convocação. Para aprovação das reforma, será necessário voto favorável de no mínimo 2/3 dos membros presentes”, consta no documento.

Segundo o item “Símbolo, distintivo e uniformes”, no parágrafo 3º (veja abaixo), “para a identificação do clube em competições esportivas, no uniforme dos atletas deverão constar, necessariamente, as cores vermelho e preto”. O Estatuto não se aprofunda sobre a questão do escudo.

Ainda no texto, o documento diz que “em caráter excepcional e para fins comemorativos ou mercadológicos, o uniforme poderá conter outras cores em substituição às cores tradicionais”.

Fonte: Globo.Esporte – Foto: Reprodução Youtube