O Bahia conseguiu a sua primeira vitória como visitante na Série A, derrotando a Ponte Preta em 3×0 no Estádio Moisés Lucarelli, nesta noite de quarta (12).

O atacante Rodrigão, que fez a sua primeira partida como titular, foi fundamental no triunfo,  marcando dois gols. O outro tento foi de Renê Júnior, melhor em campo pela equipe tricolor.

A partida teve dois tempos distintos. Na etapa inicial, o Bahia conseguiu a vantagem logo aos 3 minutos, após Rodrigão completar de cabeça uma cobrança de falta de Régis. Com a desvantagem no placar a Ponte teve domínio das ações e levou perigo algumas vezes ao gol de Jean. Na principal delas, Emerson Sheik achou Jadson, que chutou cruzado para grande defesa do goleiro tricolor – a bola ainda ticou na trave antes de Tiago afastar o perigo.

No segundo tempo, o Bahia voltou mais organizado. Juninho substituiu o amarelado Zé Rafael e, apesar de não ter atuado bem, o Esquadrão teve mais controle do jogo no meio campo.  O segundo gol, novamente de Rodrigão, saiu de lançamento longo de Lucas Fonseca, em que a defesa parou e o centroavante driblou Aranha para tocar a bola para o fundo das redes. O atacante sentiu o dedo no lance e foi substituído por Ferrareis. Segundo as primeiras informações, ocorreu apenas uma luxação e a sua recuperação tende a ser breve.

A partir daí, a Ponte se lançou ainda mais ao ataque, mas sem criar ocasiões concretas de gol. A melhor delas surgiu de um escanteio, com um cabeceio à queima-roupa, novamente salvo por Jean. Já no final da partida, em contra-ataque mortal, Juninho serviu Renê Júnior, que fuzilou o goleiro da Ponte para dar números finais ao jogo.

O time quebrou uma longa sequência de sete jogos sem vitória. Com 15 pontos, a equipe tricolor agora está na 13a posição e  joga domingo (16) em Salvador contra o Avaí, no estádio de Pituaçu, às 19h.

Ponte Preta 0x3 Bahia

Estádio Moisés Lucarelli, Campinas

Árbitro:Rafael Tracci-PR

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Luciano Roggenbaum

Gols: Rodrigão 3/1° e 08/2° e Renê Júnior 39/2°

Cartões amarelos: Xuxa (Pon), Tiago, Zé Rafael e Feijão ( Bahia)

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Marlon e Kadu e Fernandunho; Wendel (Felipe Saraiva), Fernando Bob, Jadson (Xuxa) e Claudinho (Yuri); Emerson Sheiki e Lucca. Téc: Gilson Kleina

Bahia: Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales, Renê Júnior, Régis (Vinicius) e Zé Rafael (Juninho); Rodrigão (Ferrareis) e Mendonza.