Depois de 14 dias de paralisação, terminou agora há pouco a greve dos vigilantes da Bahia. Patrões e empregados chegaram a um acordo que garante um reajuste salarial de 6,44% para a categoria, percentual muito próximo do que desejavam os  vigilantes, que lutavam por 7% de aumento. Houve também ganho no valor do tiquet alimentação, o  desconto que era de 20% passa a ser de 15%.  Outra ponto considerada como uma vitória pelos vigilantes, foi a manutenção das horas das jornadas de trabalho, 08 horas por dia e 44 semanais.

Somente em Salvador a  greve paralisou o trabalho de mais 12 mil profissionais, na Bahia mais de 52 mil,  o que afetou bastante o funcionamento de agências bancárias, escolas,  postos do INSS e de outros órgãos públicos.