Responsável por pelo menos 58 mortes e mais de 500 feridos, o atirador Stephen Paddock, de 64 anos, era um aposentado sem histórico criminal no estado de Nevada, onde vivia atualmente, segundo informações da polícia reproduzidas pela agência Associated Press. Na noite deste domingo ele fez disparos de arma de fogo contra uma multidão em Las Vegas, nos Estados Unidos.

“Não conseguimos entender o que aconteceu”, disse. Ainda de acordo com Eric, o irmão não era um homem violento”, disse seu irmão Eric, acrescentando que está “completamente atordoado” pelo incidente de autoria do irmão.

Eric afirmou ainda que o atirador não tinha qualquer vínculo político ou religioso. “Nada. Nenhuma afiliação religiosa, política. Ele só saía para passear”, disse. “Era apenas um cara normal. Algo se rompeu nele, algo aconteceu”.

Já o Estado Islâmico, que reivindicou o ataque, como já era de se esperar, disse que Paddock se converteu ao islamismo meses atrás. No entanto, o FBI não encontrou nenhuma evidência disso.