Um homem identificado como Stephen Paddock, de 64, matou a tiros ao menos 50 pessoas e feriu mais de 200 na Las Vegas Strip, principal rua de Las Vegas, nos Estado Unidos. O massacre ocorreu por volta das 22h de domingo (2h de segunda em Brasília), durante o show do cantor Jason Aldean no festival Route 91 Harvest. Ele foi morto pela polícia.

O atirado fez os disparos do 32º andar do hotel Mandalay Bay, que fica próximo ao local do show, na Las Vegas Strip, principal rua da cidade. Ele foi morto pela polícia dentro do hotel. Várias armas de fogo foram encontradas no quarto que ele ocupava.

Em meio aos disparos, as pessoas começaram a se deitar no chão e a procurar abrigo em meio ao descampado. Este foi o mais grave ataque deste tipo na história moderna dos EUA, segundo a imprensa americana.

O número de vítimas registrado é maior que o do atentado de 2016 na boate gay Pulse, em Orlando, Flórida, quando um atirador que alegou ter ligações com a milícia terrorista Estado Islâmico matou 49 pessoas.