Os pacientes pediátricos agora têm acesso a uma inovação até então inédita na Bahia: a Unidade Transitória Pediátrica (UTP). A iniciativa, inaugurada no Hospital Santa Izabel, busca principalmente desafogar a emergência, garantindo maior conforto num ambiente mais propício a recuperação da criança. A novidade, que chegou somente agora para os pequenos, apoia o pronto atendimento adulto desde 2015 no Santa Izabel, primeiro hospital baiano a ter uma Unidade de Transição de Pacientes.

 O local possui oito leitos e o período máximo que a criança fica pode variar de 24h a 72h, normalmente o tempo necessário para ela ser transferida para uma vaga definitiva em uma enfermaria ou apartamento, garantindo que a criança seja cuidada num ambiente mais silencioso e acolhedor, o que é importante na recuperação.

O provedor da Santa Casa da Bahia, Roberto Sá Menezes, destaca que a UTP é um dos indicadores do constante investimento que a instituição realiza em todas as suas unidades de negócio, sempre buscando oferecer o melhor para a população soteropolitana. “Aliamos séculos de tradição e experiência com uma busca constante em inovação, e temos orgulho em trazer diversas iniciativas pioneiras para o estado, sobretudo para a criança, um público que tem sempre muita atenção em nosso hospital”, declara o gestor.

Além dos oitos leitos disponíveis na Unidade Transitória Pediátrica, o Hospital Santa Izabel possui 14 leitos na emergência infantil e mais 47 leitos nas duas enfermarias pediátricas. O Centro Cirúrgico e a UTI contam com 16 leitos e também fazem parte da estrutura de pediatria existente no hospital.

Foto: Site do Hospital Santa Izabel