O Bahia entrou em campo com dois pontos de vantagem sobre o Vitória, 35 pontos ganhos contra 33, seu adversário de hoje pela 30ª rodada do Brasileirão. Como em todo clássico muita disputa de bola, faltas, velocidade. As chances de gol foram poucas: aos 34′, bobeira de Mendoza, e David perdeu um gol de cara para o rubro-negro baiano. Aos 40′, Allione, de cabeça, marcou presença de ataque. 41′, grande chance do Esquadão, Mendoza quase abre o placar com um chute cruzado, Caíque fez boa defesa.

O Bahia começou o segundo tempo no ataque, e Zé Rafael mandou a bola para a área, Wallace entregou de bandeja para Mendoza que abriu o placar. Gol do Tricolor de Aço, 1 minuto de jogo. O Vitória estava naquela de contra-atacar, jogando como vinha obtendo seus melhores resultados, fora de casa, mas teve que mudar a estratégia rapidamente. O rubro- negro baiano mandou uma bola na trave aos 15′, com David. Tréllez teve oportunidade, 26′, saída perdida de Jean, quase.  29′, Eduardo mandou uma bomba que desviou em Wallace, e Caíque salvou o Vitória. O empate veio com Wallace, se redimindo, 37′, falha de Renê Júnior, gol chorado, está valendo! O Leão insistia no ataque e Régis, que entrou no lugar de Mendoza, era sempre perigoso com a bola dominada, levando o Bahia para o ataque. Aos 42′, Edigar Junio chegou na área com perigo, mas Caíque espalmou a bola para escanteio. Na cobrança de Régis, o Bahia garantiu o triunfo com o próprio Edigar Júnio, já aos 43′, aproveitando uma casquinha e gol do Bahia. O árbitro Marcelo de Lima Henrique deu mais 4′ de acréscimos, depois mais 2′, finalmente mais 1′. Alguns incidentes em campo no calor do jogo.

A nota triste foi que Renê Junior, que teria sido chamado de “macaco” por um jogador do Vitória, ficou inconformado em campo e precisou ser consolado pelos companheiros. É para ser apurado, e se for procedente punir exemplarmente o denunciado.

Placar final: Bahia 2 x 1 Vitória. Repetindo o que ocorreu na semifinal da Copa do Nordeste, a administração da Arena apagou as luzes do estádio após a partida para a torcida comemorar. A atitude é uma ironia a um clássico disputado no Barradão no primeiro semestre, quando aconteceu um estranho blecaute.

O Bahia agora está com 38 pontos ganhos, e ocupa a 12ª posição. O Vitória encerra a rodada na zona de rebaixamento com 33 pontos,  5 a menos que o Esquadrão.

O Bahia vai enfrentar o Fluminense, que hoje perdeu para a Chapecoense, por 2 a 0, na Arena Condá, no próximo domingo (23), às 17 horas, no Rio de Janeiro. No domingo, às 18 horas, o Vitória joga contra o Atlético-GO, no Barradão.

 

Foto: Marcelo Malaquias/Divulgação/Esporte Clube Bahia