Revoltado com o fato de o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), defensor ferrenho do presidente Michel Temer –implicado em crimes de corrupção, formação de quadrilha, citado por delatores da Lava Jato–, por usar o refrão de um de seus sucessos musicais, o cantor Benito Di Paula, de 75 anos, postou vídeo em sua rede social no Facebook condenando a atitude do parlamentar. Confira o vídeo de Benito Di Paula.

Após a Câmara votar pelo arquivamento da segunda denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer, Marun dançou e cantou o refrão da música “Tudo Está no Seu Lugar”.

O cantor pediu respeito e disse que a música foi uma homenagem à sua mãe e que a atitude do deputado foi um desrespeito.

“Tudo está no seu lugar, graças a Deus, graças a Deus”, cantou o político. “Surramos mais uma vez essa oposição, que não consegue nenhuma ganhar”, concluiu, adaptando a letra, no ritmo da composição.

“É um desrespeito”, protesta Benito. “Me colocando numa situação dessas, como se eu estivesse apoiando [o arquivamento da denúncia]. Eu não tô apoiando porra nenhuma.”