Nesta quarta-feira (18), o motorista autônomo Josenilton Santos Souza, 37 anos, esteve na unidade do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) no SAC de Alagoinhas, na região nordeste do estado, para receber uma boa notícia. Há um mês, ele deu entrada na renovação da carteira de habilitação categoria D (transporte de passageiros), mas a demora no sistema para dar baixa nos exames clínico, psicológico e toxicológico, retardava a finalização do processo.

O caso foi resolvido nesta quarta (18) pela equipe do projeto ‘Caravana do Detran’, que está na cidade para dinamizar procedimentos, com a participação de servidores do órgão lotados em Salvador. Antes do vencimento da habilitação, previsto para o dia 7 de maio, o profissional terá a nova carteira.

“Fui à clínica credenciada para saber porque esta etapa ainda não tinha sido lançada no sistema. Descobri que o problema era o exame toxicológico, porque o laboratório estava demorando na divulgação do resultado. Acionei todos os envolvidos no processo, e a carteira será liberada para impressão em 48 horas”, explicou a servidora da caravana Margarete Carneiro.

O motorista comemorou a notícia. “Dependo da habilitação para trabalhar e fiquei com receio de não conseguir o documento dentro do prazo. Agora, estou contente e parabenizo a funcionária que resolveu o problema”.

O Detran atende 120 pessoas por dia no SAC de Alagoinhas, onde são oferecidos todos os serviços de habilitação e a segunda via do documento do veículo. “Com a presença dos colegas da caravana, agilizamos vários serviços que estavam pendentes e precisavam da autorização da nossa sede, na capital”, disse a coordenadora Luana Sheila Carvalho.