Por 16 votos a favor, 09 contrários e 01 abstenção, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou no final da noite desta quarta (28), o relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR) sobre a reforma trabalhista.  Após 14 horas de leitura do texto e de  debates sobre o tema, a votação ocorreu por volta das 23:30h. O texto-base aprovado, mantém o conteúdo da proposta aprovada na Câmara. As três emendas apresentadas não foram aprovadas.

Mesmo com os protestos da oposição, o presidente do senado Eunício Oliveira (PMDB-CE) disse que pretende votar a proposta em regime de urgência, antes do recesso parlamentar que começa no dia 17 de julho. Isso pode acontecer ainda na quarta-feira da semana que vem.

A proposta do governo prevê pontos que poderão ser negociados, e em caso de acordo coletivo, terão força  de lei.

foto: EBC