Por conta das comemorações de fim de ano, os equipamentos culturais geridos pela Prefeitura terão um funcionamento especial. A Casa do Rio Vermelho, local onde está o memorial dos escritores Jorge Amado e Zélia Gattai, não funcionará no próximo domingo (24), segunda (25) e nos dias 31 dezembro e 1º de janeiro. O mesmo acontecerá com os Espaços Carybé de Artes, no Forte de São Diogo, e o Pierre Verger da Fotografia Baiana, no Forte de Santa Maria, ambos situados na Barra. Todos esses espaços são administrados pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).

 

Os fortes estão diariamente abertos, exceto às terças-feiras, das 11h às 19h. O ingresso, com direito à visitação a ambos espaços, custa R$20 (inteira) e R$10 (meia). Já a Casa do Rio Vermelho está aberta de terça a domingo e a entrada custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Todas as quartas-feiras, a entrada é gratuita nos três equipamentos.

 

Já os equipamentos geridos pela Fundação Gregório de Matos (FGM), o Espaço Cultural da Barroquinha, localizado no Centro Histórico, o Teatro Gregório de Matos (Praça Castro Alves) e a Casa do Benin, Pelourinho, também não funcionarão nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro. A Casa do Benin, estará aberta entre os dias 26 e 29 de dezembro, das 9h às 17h. O espaço abriga uma rica coleção de objetos e obras de arte da região do Golfo do Benin, de onde veio a maioria dos negros que povoaram o Recôncavo Baiano.