Com a aproximação da Black Friday, muitas pessoas já estão planejando o que e onde comprar, aproveitando os descontos da data. Como a compra online é uma das grandes vantagens da data, é claro que o prazo de entrega das encomendas é muito importante para os compradores. No último sábado (17), o Jornal Nacional exibiu uma reportagem sobre as entregas nos Correios, a qual a instituição chamou de tendenciosa.

A reportagem da Globo citou o site Reclame Aqui, dizendo que, de janeiro a outubro, o serviço chegou a receber 55 mil queixas contra os Correios, o que significa um salto de 81% em relação ao mesmo período do ano passado. Na matéria, a repórter afirma que o “temor de quem precisa dos Correios é que a situação piore com o aumento de demanda que começa com a promoção Black Friday e vai até o Natal”.

No domingo (18), os Correios soltaram uma nota em seu site oficial, prestando esclarecimento sobre a reportagem: “o Jornal Nacional exibiu uma matéria claramente tendenciosa sobre entregas nos Correios, justamente às vésperas do maior evento de compras do comércio eletrônico, a Black Friday”.

De acordo com a declaração, os casos específicos exibidos na matéria estavam em conformidade com os prazos previstos para a modalidade de entrega. Em relação às reclamações feitas no site Reclame Aqui, a instituição diz que “correspondem a 0,00001% do total de objetos transportados pela empresa no mesmo período”.

Por fim, a nota oficial acusa a Rede Globo de “levar ao ar uma matéria facciosa sobre a qualidade dos Correios, às vésperas da Black Friday”, e diz ainda que isso “significa favorecer os operadores logísticos privados e prestar um desserviço à população”.

A reportagem, que você confere na íntegra aqui, mostrou como o trabalho é feito em um dos maiores centros de triagem dos Correios. Segundo a repórter, “a esteira de distribuição não funciona direto, trabalha conforme acúmulo de cargas e em horários determinados para cada tipo de encomenda”. Além disso, informou que parte do serviço é entregue a funcionários terceirizados e que boa parte da leitura das etiquetas no Brasil ainda é manual e não digital, o que poderia acarretar em atrasos.

Correios na Black Friday 2018

Na nota de esclarecimento, os Correios confirmam que estão preparados para o aumento do volume, característico do período da Black Friday.

Atualmente, a cada 100 encomendas entregues pelos Correios, 98 chegam ao seu destino no prazo. No caso das encomendas internacionais, essa qualidade chegou a 98,5% no mês de outubro.

Vale lembrar que nos últimos 12 meses, devido a greve nos Correios e na Polícia Federal, muitas encomendas ficaram presas em uma das três Unidades de Tratamento Internacional dos Correios, que ficam em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Isso acabou retardando o processo de entrega. No final de 2018, até o momento, este cenário não deve se repetir.

E aí, você confia nos Correios para a entrega das suas compras da Black Friday?

Fonte: Camila Rinaldi – Olhar Digital – Foto: Reprodução