Com mandado de prisão expedido pela Justiça, Gabriel de Souza Lima, de 22 anos, foi preso neste domingo (10/12), na rodoviária de Itapetinga, no sudoeste do Estado. No dia 2 último, ele matou o pai Edetor Pires Vieira, de 74 anos, com golpes de faca. Uma discussão por reconhecimento de paternidade resultou no homicídio.

Gabriel Lima disse que há três anos descobriu ser filho de Edetor, popularmente conhecido como Índio, e que no dia do crime foi até a residência do pai para pedir que fosse reconhecido.

Durante a conversa entre pai e filho o clima ficou tenso e acabou em briga. O jovem disse que empurrou e derrubou Índio e quando ele se levantou o ameaçou de morte. Foi quando Gabriel Lima pegou uma faca de cozinha e desferiu os golpes no pai.