O ex-deputado federal Eduardo Cunha redigiu uma nota hoje (19), no complexo penal onde está recolhido, afirmando que Joesley Batista mentiu à revista Época quando falou sobre sua relação com o ex-presidente Lula. Cunha foi incisivo ao dizer que se reuniu com o dono da JBS e com Lula, em março de 2016, para discutir o processo de impeachment de Dilma Roussef. Mais adiante, o ex-presidente  alegou que os seguranças da Câmara que o acompanharam na ocasião podem servir de testemunhas e os registros do carro alugado que o transportou em São Paulo também provariam o que ele alega.

foto: therealnews