O MPF fez o que se esperava. Na fase de alegações finais (última antes da sentença), a acusação pediu a Sérgio Moro a condenação do ex-presidente Lula e dos demais réus às penas referentes aos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Agora as defesas apresentarão suas alegações finais – pedindo, por óbvio, a absolvição dos réus – e o juiz elaborará a sentença.

Há uma expectativa tão grande pela condenação de Lula por parte da multidão de fãs do juiz e por todos que, equivocadamente, os colocaram como antagonistas, que a absolvição seria um verdadeiro balde de água fria na pretensão deste grupo.

Pelas ações de Moro ao longo do processo e pela sua postura no interrogatório, é provável que não haja surpresas na sentença.

Vale lembrar que Lula somente estará inelegível para 2018 se houver uma decisão no Tribunal que confirme sua condenação.