Se o torcedor do Bahia estava na bronca e queria um bom resultado do Bahia, ele veio. Na noite desta quarta-feira (7), o tricolor goleou o Vitória da Conquista por 6×1, na Fonte Nova, e encerrou o jejum de dois jogos sem vencer no Campeonato Baiano. A partida foi marcada pelo retorno de Hernane, que voltou a marcar gols depois de quase um ano.

Os poucos torcedores que foram à Fonte Nova viram um jogo fraco tecnicamente no primeiro tempo. O Bahia voltou a apresentar os velhos problemas na criação das jogadas de ataque e só conseguiu chegar com perigo pela primeira vez aos sete minutos quando Kayke recebeu sozinho na pequena área mas não acreditou no lance e não conseguiu concluir em gol.

Depois disso o Bahia só assustou o Conquista de novo aos 40 minutos. Vinícius arriscou chute forte e viu a bola raspar a trave de Leandro. O mesmo Vinícius mandou chute à queima-roupa e viu Leandro fazer boa defesa, evitando o gol tricolor. Do outro lado o Bode pouco incomodou o goleiro Anderson na primeira etapa.

Para tentar mudar o panorama e encerrar o jejum de gols do tricolor, Guto Ferreira voltou do intervalo com Hernane no lugar de Kayke. Não demorou muito e a sorte tricolor virou. Aos três minutos Zé Rafael cobrou falta com perfeição e abriu o placar para o Bahia. O gol animou o tricolor, que chegou ao segundo cinco minutos depois. Zé Rafael achou Mena livre na grande área. O lateral rolou para Hernane, livre, tocar para o fundo do gol. O brocador não marcava desde o dia 22 de abril, quando o Bahia venceu o Fluminense de Feira pelo estadual, e foi às lágrimas na comemoração.

A vantagem no placar deixou o Bahia mais solto em campo. Em nova jogada em velocidade, Gregore fez o cruzamento rasteiro, o goleiro Leandro fez a defesa parcial e soltou nos pés de Hernane, que só teve o trabalho de empurrar para as redes e marcar o seu segundo gol no jogo. O placar elástico deixou o Vitória da Conquista sem reação. Régis invadiu a área e acertou a trave. O lance não fez falta porque minutos depois Hernane aproveitou o cruzamento de Nino Paraíba e fez o seu terceiro gol no jogo, o quarto do Bahia.

Aos 32 minutos Flávio Caça-Rato marcou o gol de honra do Vitória da Conquista na partida, mas não deu nem para comemorar. Um minuto depois Régis mandou de fora da área e anotou o quinto gol do Bahia. O sexto gol tricolor veio aos 37. Vinícius em chute forte e ampliou a goleada tricolor na Fonte.

Fonte: Correio – Foto: Felipe Oliveira / ECBahia Divulgação