Pela segunda vez, neste ano, o Federal Reserve decidiu aumentar a taxa de juros dos Estados Unidos para a faixa entre 1% e 1,25%. Sendo assim, os juros ficarão superiores a 1%, pela primeira vez, desde a grande recessão de 2008.

Essa alta de juros pode transferir parcelas expressivas de recursos, dos países emergentes, para os EUA levando-se em conta, o nível de segurança para o investimento daí para a elevação da cotação do dólar, nos países emergentes, é uma tendência que não pode ser descartada. Na comparação, com a situação brasileira, nossa taxa básica de juros atual está em 10,25% ao ano.

foto: reuters