Para quem já adicionou os aplicativos de transportes ao seu dia a dia deve sentir falta deles nesta segunda-feira (30/10) em Salvador. Para protestar contra um projeto de lei que regulamenta a prática do serviço, o Uber articulou o manifesto que ganhou adesão de aplicativos como o 99POP.

Segundo os organizadores do manifesto, decidido numa reunião de motoristas cadastrados, o objetivo é deixar a população ciente do que seria um dia na capiptal baiana sem os aplicativos funcionando.

Com a paralisação, os motoristas de aplicativos dizem, mais uma vez, que não aceitam o projeto que tramita no Senado e que “se aprovado vai representar o fim do serviço como funciona hoje”.

Apresentado pelo deputado federal Carlos Zaratini (PT-SP) e aprovado na Câmara, o projeto prevê, entre outras coisas, a obrigação de placas vermelhas para todos os veículos cadastrados em aplicativos.