A partir desta segunda-feira (16) tem início a reforma e modernização da Unidade de Emergência de Pirajá, em Salvador, a fim de torná-la referência em emergência pediátrica. Com o investimento de R$ 600 mil, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) fará intervenções pelo prazo de até 90 dias, período pelo qual os atendimentos estarão restritos.

Até o término da obra, será oferecido atendimento 24 horas apenas para os casos de urgência odontológica e pacientes com classificação vermelha, que indica morte iminente, pois estarão disponíveis dois médicos, sendo um clínico e um pediatra, dois enfermeiros e dois técnicos de enfermagem. Também será disponibilizado atendimento ambulatorial nas especialidades de ortopedia, ginecologia, dermatologia, cardiologia e gastroenterologia no período de segunda a sábado, das 7 às 17h.

É importante salientar que, mesmo durante as obras, serão mantidos os serviços de Nutricionista e Assistente Social a fim de dar suporte aos leitos que ficarem ativos. O laboratório, a farmácia e a sala de vacina também estarão funcionando.
Em quaisquer outras situações, os pacientes devem se dirigir para às Unidades de Emergência de Cajazeiras e do Curuzu ou para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Santo Inácio, San Martin e Valéria.