Guto Ferreira demitido do Internacional. O Colorado gaúcho empatou, em casa, com o Vila Nova na tarde deste sábado, e adiou mais uma vez o retorno do Inter à primeira divisão do futebol brasileiro, a diretoria do clube anunciou a saída do treinador a três rodadas do fim da Série B do Brasileirão. O auxiliar Odair Hellmann assumirá interinamente o time até o final da competição.

O vice de futebol Roberto Melo se manifestou sobre a demissão, e a torcida comemorou do lado de fora do Beira-Rio. Um pouco antes, um grupo de torcedores havia entrado em confronto com a polícia e promovido quebra-quebra no pátio do Beira-Rio, em protesto por mais um resultado frustrante.

Palavras de Melo: Nós da direção, departamento de futebol, conselho de gestão, decidimos fazer uma troca no comando técnico. Guto está deixando o comando da equipe. A partir de amanhã (domingo), o Odair (Hellmann) vai assumir o comando técnico. Conversamos agora no vestiário com o treinador, expusemos nossos motivos e tomamos a decisão.

Guto Ferreira estava treinando o Bahia e, foi contratado no final de maio para assumir o lugar de Antônio Carlos Zago. Foi a quarta partida consecutiva sem vitória, com uma derrota e três empates no período. A atuação ruim do time, frustava a torcida, e a direção do Inter, não havia a menor evolução nos últimos jogos, surgindo daí, o argumento da direção para a troca de comando.

 Roberto Melo ainda disse:

– Chegamos faltando três rodadas com chances de conquistar a classificação, estivemos na liderança do campeonato, mas achamos que nos últimos jogos o desempenho da equipe caiu demais. Não estamos conseguindo mais jogar. A equipe se desorganizou. Tivemos a chance de confirmar (o acesso) no Beira-Rio, e a equipe não conseguiu jogar contra Ceará e CRB. Contra o Luverdense, também a gente não precisa falar como foi aquele jogo. Um cardíaco correu muito risco – comentou Melo.

 Nas últimas quatro partidas, três delas no Beira-Rio, o Inter somou apenas três pontos (três empates e uma derrota). Guto Ferreira deixa o comando da equipe após 33 compromissos do Internacional: 17 vitórias, nove empates e sete derrotas – aproveitamento de 60%.