Jean, Eder, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Allione, Régis, Mendoza e Edigar Junio. Esse deve ser o time que o técnico Paulo César Carpegiani vai colocar em campo no domingo, quando o Bahia vai enfrentar o São Paulo, no Morumbi.

Na manhã desta sexta-feira, o treinador comandou mais um treino fechado para a imprensa. Com febre, o goleiro Jean não participou das atividades. No entanto, segundo a direção do Bahia, sua presença é certa no gol tricolor no último jogo da temporada.

Apesar das duas derrotas contra o Sport e a Chapecoense, o elenco tricolor se mostra confiante em um bom resultado contra o São Paulo. Para os jogadores, seria uma forma de fechar o ano dando mais uma alegria para o torcedor.

Com contrato com o Bahia até 2019 e um dos atletas mais queridos da torcida, o atacante Edigar Junio disse que está feliz no tricolor e não recebeu propostas para deixar o Esquadrão.

“Não chegou nenhuma proposta pra mim. Tô feliz aqui, me sentindo bem. Tô focado no próximo jogo. Espero que a gente tenha uma boa semana pra chegar bem no jogo e conquistar o objetivo”.

Prosseguindo, o atacante disse que “me sinto muito feliz. Meus companheiros me dão suporte e isso é fruto de um trabalho da equipe, não é só meu. Temos que terminar o campeonato com dignidade e mostrando nossa força”, ressaltou o atacante que na temporada tem 15 gols, 12 deles marcados no Brasileirão.

Titular na zaga do Bahia, Tiago ressaltou que um triunfo na capital paulista vai servir para recuperar a dignidade após duas derrotas seguidas. “Não só isso (dignidade), mas o fato de termos objetivos. Tem muita coisa em jogo, tem a eventual melhor classificação do Bahia, uma classificação para a pré-Libertadores. Não é somente a dignidade e o nome de cada um, mas temos objetivos para conquistar”, afirmou.

Foto: Felipe Oliveira / ECB Divulgação