Após 41 anos nos Jogos Olímpicos, o Mc’Donalds rompeu seu acordo de patrocínio, alegando que “como parte do nosso plano global de crescimento, estamos reconsiderando todos os aspectos do nossos  negócios e tomamos essa decisão em cooperação com o COI para focar em diferentes prioridades” – palavras da diretora do marketing do Mc’Donalds , Silvia Lagnado. Por sua vez , o Comitê Olímpico Internacional (COI) se manifestou assim: “No mundo dos negócios de hoje, nós entendemos que o Mc’Donalds esteja procurando focar em diferentes prioridades de negócios” – disse Timmo Lumme, da área de negócios do COI.

Desde os Jogos Olímpicos de 1976 a companhia americana era patrocinadora do evento. O contrato venceria em 2020, e tinha um volume de recursos superior a US$ 1 bilhão de dólares a cada 4 anos.

foto:capitalgourmet