Dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – Seção Bahia (ABIH-BA) mostram que a taxa de ocupação hoteleira em Salvador apresentou crescimento de mais de 15% entre julho e outubro deste ano, em relação ao mesmo período de 2016.

O estudo revela ainda que entre as ações para impulsionar o turismo na capital baiana estão as parcerias entre a Prefeitura e associações de turismo para alavancar a divulgação do destino nos principais mercados emissores, apresentando as inovações e avanços da cidade.

Tem ainda a capacitação de mais de 2,2 mil agentes e operadores de viagens, em locais como Uruguai Montevideo e Punta del Leste), Argentina (Buenos Aires e Córdoba), Colômbia (Bogotá), Brasília, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), este resultado já é reflexo das iniciativas desenvolvidas pela Prefeitura. “O crescimento no fluxo turístico neste período nos estimula a trabalhar ainda mais para atingir a meta estabelecida pelo prefeito ACM Neto, de atrairmos mais 800 mil novos turistas até 2020”, afirma o gestor da Secult, Claudio Tinoco.

De acordo com o diretor de turismo da Secult, Antônio Barretto Junior, as capacitações entre operadores e agentes de viagens já passaram por 10 cidades e envolveram 95 empresas, entre maio e outubro deste ano. “Estes profissionais são responsáveis por vender Salvador na cidade em que trabalham, e a maioria deles ficou encantada com os atrativos e novidades da capital baiana”, explica Barretto Junior.

O fortalecimento do calendário de eventos – com o apoio à Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô), promovido em julho, a realização do Festival da Primavera (em setembro) e a Maratona de Salvador (em outubro) -, também é um fator importante para o crescimento do fluxo de turistas na cidade.

Para novembro, a regata Transat Jacques Vabre, que tem o apoio do Executivo Municipal, vai trazer centenas de turistas para a capital baiana; e em dezembro, o Festival da Virada, realizado pela Prefeitura, terá cinco dias de festa e prevê a participação de mais de 2 milhões de pessoas na Arena Cidade da Música.