“Já estou muito grata por colocar o meu pé direito aqui e cantar no primeiro dia do ano na minha cidade. Já é emocionante só de falar”, disse a sambista Mariene de Castro, uma das atrações da última noite do Festival Virada Salvador, em coletiva à imprensa. A artista promete a melhor energia para começar 2018.

 

Mariane, encerrando os shows do evento, levou para o palco uma mistura de shows. “Teremos o Ribeirinha, Santo de Casa, Colheita, Ser de Luz, Abre Caminho. O que acontece antes é sempre uma expectativa, estou ansiosa, se pudesse já ia voando para o palco”.

 

Com 20 anos de carreira e sempre levando a devoção para as apresentações, Mariene destacou a importância da religiosidade para que o ano seja bom. “A  fé é o que nos move. Independente de religião, levar a religiosidade ao palco transforma a fé num compromisso com a cultura, num movimento da identidade de um povo, do sincretismo e do encontro dos orixás”, concluiu.

 

 

Foto: Evilânia Senna/Secom