Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha, Marta Suplicy (PMDB-SP) teria rejeitado há algumas semanas um convite para voltar a ocupar a cadeira de Ministra da Cultura, cargo que chegou a exercer entre 2012 e 2014 no primeiro mandato de Dilma Roussef.

O convite teria sido feito antes do pedido de demissão de João Batista Andrade, que saiu criticando pesadamente o Governo Temer.

A perspectiva é que o novo ministro somente seja anunciado após o retorno da viagem do Presidente à Rússia.

Fato é que desde a posse de Temer o Ministério da Cultura tem apresentado mais problemas que soluções. Da sua extinção inicial a seu retorno, com pedidos de demissão de Ministros que saíram com queixas públicas, além das inúmeras recusas para ocupar o cargo, a crise com a Cultura antecipou as questões políticas que sobrevieram e segue até hoje.