Natural de Itaberaba, distante 290 quilômetros de Salvador, um homem de 49 anos morreu com febre amarela. Ele era morador de São Paulo e estava internado no Hospital Couto Maia, na capital baiana. Os sintomas da doença se manifestaram quando a vítima ainda estava em Itaberaba, onde recebeu os primeiros atendimentos.

Segundo a secretaria de saúde de Itaberaba, o homem esteve repetidas vezes na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município entre os dias 5 e 9 de janeiro e já apresentava os sintomas da febre amarela. A confirmação da doença aconteceu no dia 11, quando ele já estava internado em Salvador.

A Secretaria de Saúde do estado lembra que se trata de um caso importado, uma vez que o homem começou a apresentar os sintomas no dia 2 de janeiro, antes de chegar à Bahia.

A Sesab informa ainda que nesta segunda-feira (15/01), a vacinação no município volta a ser feita nos 18 postos de saúde da família, no posto móvel que está no centro da cidade, no ginásio de esportes, na feira livre e na sede do núcleo regional de saúde. A meta é que sejam imunizadas mais de 40 mil pessoas nos próximos 15 dias.