Garantido na Série A em 2018 e com vaga na Sul-Americana do próximo ano, o Bahia deve ficar sem algumas peças importante do elenco para a próxima temporada. Um dos jogadores que tem saída confirmada é o goleiro Jean, que está sendo negociado com o São Paulo.

Outro que não deve permanecer no tricolor é o volante Renê Júnior, que deve ir para o Corinthians. Também com saída certa está o meia Allione, que retorna para o Palmeiras. Também revelado na base do Bahia, como o goleiro Jean, o zagueiro Eder pode ir embora.

Jean, que entrou para o profissional em 2015, jogou as 38 partidas do Brasileirão deste ano. “Não é hora de falar sobre transferência. O ano acabou agora. Orgulhoso de fazer a melhor campanha em pontos corridos do Bahia. Muito feliz pelo desempenho da equipe e o meu individual”, afirmou o goleiro.

Autor do gol do empate em 1 a 1 com o São Paulo, neste domingo no Morumbi, o zagueiro Eder jogou mais uma vez improvisado na lateral-direita e deu conta do recado. Revelado na divisão de base do Bahia e no elenco profissional desde 2015, seu vínculo contratual com Esquadrão se encerra nessa temporada.

“A gente está esperando. Tem a época de eleição e o clube fica em torno disso. Mas meu empresário está aí, ele vai resolver essa semana. Vou procurar curtir as férias porque foi um ano muito duro para a gente, muito trabalhoso. Vou curtir as férias e ver o que é melhor para as duas partes”, disse.

Prosseguindo, o zagueiro afirmou que “desejo continuar aqui, mas também tenho que pensar em mim, na minha família. Praticamente sustento toda a família. Então a gente tem que saber o que é melhor. Eu não posso aceitar qualquer coisa nem de clube de fora nem do Bahia. A gente vai ver o que é melhor, mas o meu desejo é continuar no Bahia”.

Em entrevista ao Lance, o meia Allione disse que está de volta ao Palmeiras em janeiro. “Em janeiro estamos lá para tentar ajudar o Palmeiras. Tomara que dessa vez minha passagem por lá seja melhor. O treinador do Palmeiras pediu que eu voltasse, então acho que evoluí. Tomara que dessa vez dê certo lá no Palmeiras e eu possa ajudar”.

Um dos destaques do Bahia na temporada, o volante Renê Júnior também deve deixar o tricolor para defender o Corinthians em 2018. Mesmo afirmando seu carinho pelo time e em especial pela torcida, o volante não deve ficar.

“Ainda não acertei nada. Vou ter uma reunião com meu representante. Ele é um grande treinador (Carille), o Corinthians é uma grande equipe, maior torcida do Brasil. A gente fica feliz com o interesse, mas não posso falar nada. A gente decide essa semana para eu ir descansar tranquilo. É uma camisa de peso. Sou grato ao Corinthians porque passei por duas operações lá, mas não posso garantir nada”, afirmou.

 

“O ano foi bom. Conquistamos a Copa do Nordeste, um ano para entrar na história do clube. Muitos achavam que íamos brigar contra o rebaixamento, mas brigamos até o final pela Libertadores. Infelizmente não deu, mas fizemos um bom jogo. Tomamos um gol de bobeira… Mas o ano foi bom. Infelizmente não conseguimos nosso o objetivo que a gente queria. O Bahia sai forte”, ressaltou Renê Júnior.

Eder – Foto: Felipe Oliveira / ECB Divulgação