Apontado pela polícia como integrante de uma quadrilha responsável por vários arrombamentos no município de Andaraí, na Chapada Diamantina, Adriano Souza Silva morreu ao ser baleados em confronto com integrantes de uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Chapada) da Polícia Militar. O fato ocorreu na noite desta segunda-feira (06/11).

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Adriano Silva estava em companhia de outro homem que fugiu e está sendo procurado. Ainda de acordo com a polícia, na noite de sexta-feira (03) eles arrombaram o fórum de Andaraí e foram denunciados à polícia.

Com informações sobre o paradeiro da dupla, uma guarnição da PM seguiu para o local onde foi recebida a tiros. No revide Adriano Silva foi baleado. Socorrido para o hospital municipal, ele não resistiu aos ferimentos.

Foram apreendidos com o suspeito que morreu um revólver calibre 38 com numeração raspada, três cartuchos deflagrados e intactos, 13 buchas de maconha e um celular. O material foi apresentado na Delegacia Territorial de Seabra.

O delegado Marcione Santos, o titular da Delegacia Territorial de Andaraí, disse que o assaltante Adriano Souza Silva pertencia a uma quadrilha que já realizou alguns arrombamentos na cidade, inclusive do fórum.

Marcione Santos afirmou ainda que os bandidos conseguiram entrar no prédio em busca de armas apreendidas, mas não localizaram e saíram sem levar nada. Antes, no dia 18 de outubro, tentaram arrombar a delegacia, mas não conseguiram. O delegado disse que já encaminhou à Justiça o pedido de prisão preventiva dos outros componentes do bando.

Foto: SSP-BA Divulgação