A delegada Marilene Lima, do Departamento de Homicídio (DHPP), coordena as investigações sobre o assassinato do pintor Reinaldo Alves Borges, de 49 anos, da Revita Engenharia, fato ocorrido nesta quarta-feira (22/11), na Ladeira da Pedra, trecho que liga o fim de linha do IAPI ao Retiro.

A polícia sabe até então que o homicídio foi praticado por dois homens, que após o crime fugiram em uma motocicleta cuja a placa foi coberta com fita adesiva. Reinaldo Alves Borges, que deixou mulher e dois filhos, ainda tentou correr mas foi alvejado na cabeça pelo homem que estava na garupa da moto branca da marca Yamaha.

Com o pintor caído, o assassino ainda fez um segundo disparo. Parentes da vítima ouvidos pela polícia afirmaram que o pintor não tinha envolvimento com crimes e era um trabalhador honesto. A polícia investiga a autoria e a motivação do assassinato com características de execução.