A polícia procura pelos homens que assassinaram o agente civil Luís Cláudio Batista Lopes, fato ocorrido na tarde este domingo (28/01), na Rua Apolinário Santana, Engenho Velho da Federação. O policial, que estava acompanhado da esposa que não se feriu, era coordenador do Serviço de Inteligência da Delegacia Para o Adolescente Infrator (DAI).

Luís Cláudio Batista Lopes foi surpreendido por um grupo de homens quando saía de casa. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. De acordo com o coordenador da força tarefa que investiga o caso, o delegado Odair Carneiro, a esposa do investigador estava com ele no momento do crime e poderá prestar mais informações sobre os autores do atentado.

“Hoje mesmo iniciamos a ouvida de testemunhas, para dar a maior celeridade não só a investigação, mas uma resposta de toda a polícia a este ato covarde contra o colega”, disse o delegado, ressaltando que o policial “era pessoa muito querida pelos colegas e um profissional exemplar”

O delegado acrescentou ainda que “estamos todos mobilizados nas buscas pelos criminosos envolvidos e, sem dúvidas, a resposta será dada”.

Foto: Reprodução Google