O pedido de impugnação do edital de eleição do Vitória feito pelo candidato Raimundo Viana não foi acatado pelo presidente do Conselho Deliberativo do rubro-negro, Paulo Catharino Filho.

Viana, que considera ilegal uma alteração feita no edital, queria impedir a realização da eleição que vai escolher o novo presidente do Leão em pleito marcado para o dia 13 deste mês.

Paulo Catharino, que julgou improcedente o pleito de Raimundo Viana, ex-presidente do Vitória, disse respeitar a decisão de Viana, mas não concorda com ela. O presidente do Conselho Deliberativo garantiu ainda que a eleição vai ocorrer no dia marcado.

Paulo Catharino Filho – Foto: Maurícia da Matta / ECV Divulgação