Karina Tavares de Freitas, professora do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) Piemonte Norte do Itapicuru, em Jaguarari (centro norte), está entre as finalistas regional (estado da Bahia) da etapa nacional do concurso ‘Educador Inspirador 2017’. A premiação é promovida pela plataforma educacional Quizlet – uma das maiores comunidades educacionais de ensino e aprendizagem on-line do mundo.

A indicação ao prêmio foi feita pela estudante Sabrina Dias, 4º ano do curso técnico de nível médio em Contabilidade. A escolha da professora pela comissão julgadora da plataforma educacional Quizlet se deu pelo trabalho pedagógico realizado por ela, envolvendo pesquisa e intervenções sociais. Para ser premiada, a professora disputa agora uma votação online.

Apaixonada pela Educação, a professora Karina desenvolve um trabalho de pesquisa, com base na experimentação e no desenvolvimento de ações voltadas para as comunidades. “Meu trabalho, como educadora, consiste na problematização, contextualização e produção de tecnologias sociais, além da aplicação de questionários e entrevistas voltadas para a comunidade e destinadas a obtenção de dados que possibilitem a construção de projetos de pesquisa e intervenção social”.

Neste ano, no mês de julho, a docente participou, juntamente com outros 54 educadores selecionados de todo o País, de um curso de formação do Programa Missão Pedagógica no Parlamento, durante uma semana em Brasília, em uma iniciativa da Câmara dos Deputados. A professora Karina, de Jaguarari, diz que este reconhecimento aumenta ainda mais seu entusiasmo pela educação pública. “Sempre quis deixar uma marca do meu trabalho voltado à pesquisa e intervenção social, por meio do qual estimulo nos meus alunos o protagonismo juvenil. Sinto-me uma vitoriosa e tenho muito orgulho disso”.

A iniciativa reconhece a importância de ensinar e promover a inovação na educação em nível nacional em cada um dos 27 estados brasileiros. O professor vencedor e quem o nomeou ganharão uma viagem para a sede da Quizlet, na Baía de São Francisco, nos Estado Unidos, lugar que também recebe outras grandes empresas de tecnologia, como Whatsapp e Instagram.

 

 

Foto: Divulgação/Educação