Nesta semana, a Santa Casa da Bahia dá prosseguimento à programação de Natal do Museu da Misericórdia. No próximo domingo, 10 de dezembro, às 11h, a apresentação na Igreja da Misericórdia fica por conta do Coral Vozes dos Tribunais TCE/TCM, formado pelos servidores do Tribunal de Contas do Estado e do Tribunal de Contas dos Municípios e regido pelo maestro Neemias Couto. Ao fim do concerto, a plateia poderá visitar, gratuitamente, a exposição Tempo de Natal, que também integra o calendário natalino do Museu da Misericórdia.

 

Os que forem ao Museu no horário normal de visitação pagam o ingresso no valor R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia) para conhecer a mostra.  A exposição conta com 48 presépios da coleção de Celso Oliva que, em 1999, fundou o Museu do Presépio de Salvador, atualmente fechado para visitação pública. As peças, datadas dos séculos XX e XXI, foram confeccionadas com materiais diversos, como papel, terracota, cristal, velas, fitas, flores e pedra sabão. Os presépios encantam pela composição plástica e originalidade. A exposição segue em cartaz até 7 de janeiro de 2018.

 

O Museu da Misericórdia funciona de terça a sexta-feira, das 8h30 às 17h30, aos sábados, das 9h às 17h, e aos domingos e feriados, das 12h às 17h. Mais informações: 2203-9834.

 

O calendário de concertos será encerrado no dia 17 de dezembro, a partir das 11h, quando acontece a apresentação do Coral da Paz e da Banda Sinfônica da Paz. Os dois grupos são formações do Núcleo de Prática Orquestral e Coral que a Santa Casa da Bahia mantém em parceria com o NEOJIBA no Bairro da Paz. Composto por cerca de 130 crianças e adolescentes, com idade de 8 a 18 anos, o Núcleo oferece ensino musical, através da prática orquestral e coral, cria e coordena grupos autônomos de orquestra e coro, e realiza um trabalho de mobilização comunitária para promover a difusão e o acesso à música.

 

Instalado no prédio que abrigou o primeiro hospital da Bahia e a sede administrativa da Santa Casa da Bahia, em prédio erguido no século XVII e tombado pelo IPHAN em 1938, o Museu da Misericórdia é um dos mais importantes espaços culturais do estado e possui em seu acervo obras que contam parte da história da Bahia e do Brasil. Pertencente à Santa Casa da Bahia, o museu também tem em seu espaço a Igreja da Misericórdia, um dos mais significativos monumentos religiosos de Salvador, considerada uma grande representante dos estilos barroco, neoclássico e rococó.

 

 

Foto: Reprodução