A Receita Federal fez uma apreensão, de quatro toneladas de mercadorias importadas, no Aeroporto Internacional de Salvador,.

A carga avaliada em R$ 5 milhões, veio de Miami e estava com a documentação totalmente irregular.

A Fiscalização constatou fraude no valor dos produtos, que na declaração dizia ser de  20 mil Reais . Outra fraude detectada,  foi quanto ao conteúdo do material importado. O documento atestava que eram peças utilizadas em um maquinário para uma  indústria fabricante de material plástico aqui da Bahia, Mas o que os auditores e fiscais da Receita Federal constataram nas caixas de grande porte foi uma  volumosa carga de produtos como: componentes eletrônicos, computadores, smartphones, equipamentos médicos de alto valor, vinhos, suplementos alimentares, cosméticos, relógios, roupas e óculos esportivos de grifes, além de  equipamentos de pesca e peças automotivas.

Os produtos foram encaminhados para o setor de perdimentos, onde ficam  as mercadorias que não podem ser recuperadas pelos donos, quando são dados flagrantes nas fraudes das cargas e documentos do material importado.

Os responsáveis serão apresentados ao Ministério Público. Caso sejam punidos pela Justiça, poderão responder pelo crime de descaminho, que prevê pena de até quatro anos de prisão. A apreensão foi nesta segunda, 12, mas a informação  divulgada hoje pela Receita Federal.

foto: receita federal