O deputado federal Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), relator na Câmara, deu parecer favorável à denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer. Zveiter considerou haver elementos suficientes para a admissibilidade da acusação da PGR , segundo a qual o presidente cometeu crime de corrupção passiva.

Nas palavras do relator: “por ora, o que temos são indícios de autoria que, ao meu sentir, ensejam o deferimento da autorização”. A leitura do parecer e o voto do deputado duraram 59 minutos.

Sérgio Zveiter enfatizou: “no mínimo, existem forte indícios de prática delituosa”. E mais: “por tudo que vimos e ouvimos, não é fantasiosa a acusação”.

Já próximo ao fim da apresentação, o relator assim se manifestou: “não restam dúvidas que qualquer decisão contrária ao recebimento da denúncia implicaria prematura interrupção do curso de um processo no qual os elementos trazidos evidenciam a necessidade de uma resposta das instituições brasileiras”.

O advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, na defesa de Temer, fez a sustentação oral rebatendo a denúncia logo após a leitura do parecer do relator.

Havia uma expectativa, por parte dos aliados do presidente da República, sobre o posicionamento de Sérgio Zveiter. Tanto é assim, que já existe uma estratégia da base do governo para protelar o andamento do processo.

foto: a política blogger