A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), realizará a segunda audiência pública para apresentação das propostas para a Mobilidade de Salvador na próxima terça-feira (14), às 14h, no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), no bairro do Stiep. O evento acontece como parte da elaboração do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Salvador. Na ocasião, estarão presentes secretários municipais e representantes de associações e entidades ligadas à mobilidade, meio ambiente, desenvolvimento sustentável e da sociedade civil, entre outros.

Nesta segunda audiência serão apresentadas as propostas para a mobilidade urbana de Salvador elaboradas a partir do PDDU e da LOUOS aprovados em 2016, bem como embasadas no diagnóstico já discutido e consolidado na primeira audiência pública, realizada em agosto no auditório do Ministério Público, em Nazaré. Também serão embasadas no prognóstico referendado no segundo workshop, ocorrido em setembro, e nas dez oficinas participativas sobre o PlanMob Salvador, realizadas nas sedes das Prefeituras-Bairro, também no mês de setembro deste ano.

A elaboração do Plano de Mobilidade Urbana é uma exigência tanto para cumprimento da Lei 12.587/2012, que institui as diretrizes para a Política Nacional de Mobilidade Urbana, quanto pela necessidade de se estruturar o segmento em Salvador. Essa legislação institui como diretrizes a integração entre modais, a prioridade aos meios de transporte coletivo e os não motorizados, além de questões voltadas à acessibilidade universal. A lei também determina que as cidades com mais de 20 mil habitantes e que sejam obrigadas a elaborar um Plano Diretor também criem um Plano de Mobilidade Urbana.

 

Foto: Divulgação/Secom